O Armamento do Cavaleiro – Séculos X e XI – Simples mas Eficaz

O equipamento é simples. A peça essencial é a veste de escamas ou a loriga de malha entrelaçada, a loriga barmata dos romanos, remontando há muitos anos atrás (conforme a Tapeçaria de Bayeux, 1086, vide ilustração abaixo). A veste, empregada, frequentemente até o século XV, oferecia uma boa proteção e usava-se sobre uma túnica de estopa, o brial ou cota de armar. Complementava-a um capacete com proteção nasal, um escudo longo em forma de amêndoa, uma espada curta, de dois gumes e punho volumoso, e uma lança. Este conjunto ofensivo e defensivo adaptava-se bem a um novo método de combate em que os Cavaleiros montados em cavalos robustos, encaixados numa sela envolvente com estribos (do século VIII), faziam cargas em unidades compactas, destinadas a romper as linha inimigas.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s